Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
ou

Fundação Terra Mirim

ftm

CooperaComFTM

Que o sonho se enraize cada vez mais na teia do Bem. Que a árvore dourada se fortaleça. Que mais e mais pássaros coloridos possam chegar, se nutrir e se curar - cantar e voar. E levar as sementes desta árvore Avatar para o Mundo!

Espiritualidade

O cotidiano da Espiritualidade em Terra Mirim: uma programação permanente, que você pode participar. Que você pode reencontrar sua Alma e com ela fazer as pazes. Essa é nossa intenção. O Encontro com sabor e cheiro de Reencontro.

Escola XamAM

Terra Mirim é uma comunidade que segue os passos dos ensinamentos do Xamanismo da Deusa Mãe, resgate da cultura espiritual milenar da América Nativa.

Boletim Informativo

Acesse aqui o nosso Boletim Informativo. Para receber esse informativo em seu e-mail, cadastre-se! Escreva para comunicar@terramirim.org.br

Vídeo

Canções

Canções Xamânicas inspiradas ao redor do Avô Fogo. Ouça as faixas disponíveis, escute a Oração à Grande Mãe e outras músicas, do CD Louvados e Canções à Deusa Mãe.

AGENDA

Inspirações e depoimentos

Um espaço para aqueles que desejam compartilhar sua autêntica experiência em Terra Mirim. "Depois tive na Comunidade Terra Mirim o contato com os elementos, terra, água, ar, plantas medicinais... todos os ensinamentos e práticas que passam a fazer parte de nós e alegra nossa alma"... 

Tela cheia

Quem somos

9 de Julho de 2014, 6:10 , por Melissa Wen - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 4330 vezes
Traduções

 

A Fundação Terra Mirim - FTM-CL, surgiu em maio de 1992 como um Centro de Luz, em uma área rural remanescente da Mata Atlântica, no Vale do rio Itamboatá, em Simões Filho, BA. Até 1993, a FTM-CL constituiu-se como um local de realização de atividades, em que o grupo fundador e outras pessoas que foram se agregando, atuavam como voluntários. Em dezembro de 1994, FTM-CL foi instituída como Fundação, doação da instituidora e primeira sonhante - residente Xamã Alba Maria. Os primeiros 09 anos foram marcados por dezenas de pessoas que se uniam em busca de uma nova forma de viver, e que, dedicadas ao autoconhecimento através do estudo e vivência das Tradições Sagradas - especialmente o Xamanismo - foram dando origem a um novo núcleo Comunitário. Pós este período, o povo da Mirim, como são conhecidos os residentes da FTM-CL, estava pronto para dedicar-se a um movimento mais amplo com a inclusão em seu cotidiano das pessoas dos povoados do entorno, cerca de 10.000 pessoas que, em sua maioria, vivem em situações extremas. A aproximação foi se dando cuidadosa, inicialmente por meio da Escola Ecológica e das ações de cuidado com o Meio Ambiente local. Hoje, reconhecida como Fundação Comunitária, sem fins lucrativos, segue atenta para que a organização possa servir de referência ao povo do Vale do Itamboatá no sentido educacional, político, cultural e ambiental. Tendo como linha base a sustentabilidade e a emancipação cidadã é mantida por um grupo de profissionais voluntários, por prestação de serviços, por doações, por venda de produtos e por projetos.

Sua estrutura organizacional é constituída: Conselho Curador, Conselho Fiscal e uma Superintendência, que integra Gerências e Assessorias. A FTM-CL é gerenciada de forma colegiada com base na hierarquia horizontalizada, descentralização do poder e fortalecimento das instâncias executoras. As relações são orientadas por princípios fundamentais: a ética essencial, a inclusão/participação, a coerência, convívio comunitário como espaço de aprendizagem (reconstrução de valores e atitudes), o amor e o respeito à Natureza, à vida e a todos os seres.

 

 

A FTM-CL desenvolve no seu entorno, diversas ações e projetos sócio-educativos, culturais e ambientais, na perspectiva de geração de renda, orientados para a recriação, preservação e respeito à vida. Pelo trabalho realizado, a FTM-CL tornou-se uma referência expressiva para a região e é reconhecida de Utilidade Pública Federal, Estadual e Municipal. Dentre nossos parceiros podemos citar a Prefeitura Municipal de Simões Filho e suas Secretarias - com os quais buscamos ver efetivados nossos direitos, inclusive de participação, e os programas e demais projetos de ação do poder público municipal, a Câmara de Vereadores de Simões Filho – no Vale do Itamboatá, o diagnóstico socioeconômico e o reconhecimento da identidade territorial com seus recursos e passivos. Através da parceria com a Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia – foi realizado o projeto Ecologia Integrativa e Cidadania. Em parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia-SETRE, foi desenvolvida e fortalecida uma sólida articulação por uma Economia Justa e Solidária. Com o Sebrae nacional e Sebrae-BA- foi realizado projeto tendo como finalidade o fortalecimento das comunidades tradicionais de catadoras de ervas local e com a Fundação de Amparo e Pesquisa da Bahia, FAPESB- foi implementada a incubadora Ecosolidária de agricultura familiar.Fomos reconhecidos pelo Ministério da Cultura como Ponto de Cultura e como Escola Viva. Acrescentado aos projetos a FTM-CL possui estreita ligação com as Escolas Municipais do Vale e é membro do Conselho Gestor da APA Joanes-Ipitanga. Somos reconhecidas como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, programa chancelado pela UNESCO. Militamos por uma educação de qualidade e pela garantia dos direitos das crianças, dos adolescentes e da juventude. Somos guardiães e promotoras de uma educação integral, interligada a família e a comunidade, a cultura e a realidade socioambiental de cada contexto. Nossos maiores parceiros compõem nossa rede de voluntários e colaboradores da FTM-CL. Pessoas de diversas partes do Brasil e do mundo que contribuem para a sustentabilidade e ações multi-dimensionais da FTM-CL. Estamos conectadas a outras redes da sociedade civil por Governança, Meio Ambiente, Saúde, Cultura e pela Vida.

 

 

Compõem nossa rede de parcerias no terceiro setor popular, o Centro Suburbano de Educação Profissional CESEP, com quem realizamos projetos tendo em vista a capacitação popular para uma economia justa e solidária, o Movimento das Comunidades Populares, com quem realizamos ações de fortalecimento das iniciativas locais de produção de alimentos e artesanato, a Cooperativa de Comércio Justo e Solidário – Rede Moinho que facilita a comercialização dos produtos da agricultura familiar do Vale do Itamboatá e de outras iniciativas, a Cooperativa de Tecnologias Livres - Colivre que colaborou na construção de nosso site terramirim.org.br desenvolvido em software livre. Somos parceiros da Rede de Profissionais Solidários pela Cidadania através do apoio e participação no evento anual do Brechó Eco Solidário e na rede internacional Diálogos em Humanidades que mobiliza diversos intelectuais no mundo ao redor dos temas de cidadania, justiça e governança cívica mundial. Participamos da Rede Latino-americana de Cultura Viva Comunitária que articula Pontos de Cultura Viva Comunitária no continente sul americano. Entre as iniciativas no município somos parceiros da Associação Cidade da Criança, localizada no centro de Simões Filho, com a qual participamos de diferentes Conselhos de Políticas Públicas Municipais e outras esferas de reivindicação de direitos. Somos parceiros da Associação Quilombola do Dandá, comunidade localizada no Vale do Itamboatá, com quem trabalhamos processos de fortalecimento de lideranças, apoio a organização coletiva, fomento e apoio ao processo de produção e comercialização de produtos da agricultura familiar e artesanato. Desenvolvemos estreita vinculação com a Associação das Artesãs da Comunidade de Palmares, também localizada no Vale, com quem praticamos princípios do comércio solidário e colaboramos no desenvolvimento de projetos e na comercialização de produtos oriundos das idéias e dos resultados dos projetos. Acreditamos que a sustentabilidade da FTM-CL, bem como das organizações comunitárias em geral, está diretamente relacionada ao fortalecimento da organização e articulação das iniciativas populares. Investimos na troca de saberes para construção de vias alternativas de sustentação e autonomia comunitária popular.

 

 

Nós Somos:

 

 XamAM Alba Maria

Primeira visionária e fundadora da Comunidade Terra Mirim e Fundação Terra Mirim. Xamã e Psicóloga, formada pela Universidade Federal da Bahia há mais de 25 anos, escritora, palestrante e consultora de desenvolvimento humano e eco espiritual atuando principalmente no Brasil e Europa; apoia e participa das Redes de Economia Solidária, presente anualmente no movimento mundial "Diálogos de Humanidades", e na agricultura fortalece as práticas em harmonia com a natureza. Gosta muito de Jaca, Pinha e Caqui!

 

Dhan Ribeiro

 

 

 

 

 

 

 

Khalyna Gomes

Co-fundadora e líder da área de gestão da Fundação Terra Mirim. Xamã e Administradora de Empresas (1980/UCSal). Consultora em desenvolvimento humano integrado com ecologia e espiritualidade. Participante de projetos da Rede de Economia Solidária, visando à ampliação de conhecimentos e práticas sócio- ambientais, liderança na educação, consumo consciente, comércio justo, património imaterial e cidadania.

 

 

 

 

 

 

Maria Izabel Nunes

Comunicóloga, musicista, diretora/produtora audiovisual com experiência em TV e WebDesign. Atua como um educadora em comunicação e sensibilização da natureza com crianças, adolescentes e idosos.

 

 

 

 

Daniela Sampaio 

Advogada especializada em Direito Ambiental e Gestão da Sustentabilidade (PUC- SP/Cesec -BA), Educadora Popular, Educação em design de Ecovilas (Gaia Education Network). Atua nas articulações multi-dimensionais através de redes de Pontos de Cultura, Meio Ambiente, Economia Solidária, entre outros, bem como desenvolve ações, programas e projetos de Educação Ambiental Holística e Integrativa.

Deise 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Andiara Leão 

Graduada em Filosofia(Ucsal), é participante do Conselho Fiscal da FTM. Xamã (estudo, pesquisa, e vivência do tema há 24 anos, na Fundação Terra Mirim com a XamAM Alba Maria). Especialista em Saúde Pública (FIP). Formação em Massoterapia (Poona -India). Criou e implantou o curso de Extensão em Massagem Xamânica. Curso de Extensão na Universidade Federal de Sergipe Pro- Reitori Extensão/ Fundação Terra Mirim. Aperfeiçoou seus estudos sobre o Xamanismo nas viagens iniciáticas: Peru, México, Espanha, Itália, Israel, Egito, Índia, Nepal, e França. Atendimentos e curso de Massagem na Alemanha e Itália. Há 20 anos faz atendimentos, regularmente, na Fundação Terra Mirim, Aracaju, Salvador. 

Mhinana

 

Zuca

Geógrafa, Pós graduada em Gestão Ambiental e Espaço, Sociedade e Meio Ambiente. Participou da execução do projeto A.P.2. Residente em Terra Mirim há 12 anos, atua na equipe de gestão do jardim das ervas, com os viveiros de ervas e mudas de árvores nativas. 

 

 

 

 

Babuca Grimaldi

É membro residente da Comunidade e Fundação Terra Mirim, Presidente do Conselho Curador da instituição e atua no Conselho de Desenvolvimento Sustentável e no Conselho de Cultura do município de Simões Filho. Violonista, compositor, produtor musical e educador. Graduando em Música Popular (Composição e Arranjo) pela UFBA. Produziu os discos Hey Xamã (Terra Mirim) e Coração Alado, de Halilah. Concebeu, dirigiu e atuou nos trabalhos autorais "Saravá, Mestre Aderba!", "Gabinete de Curiosidades" e "Arutam", tendo como convidados grandes nomes da música instrumental baiana. Publicou o livro de poesias "Gabinete de Curiosidades", selecionado pela coleção "Poiese", e traduziu o livro "Ayahuasca: a enredadeira do rio celestial", do renomado pesquisador chileno Claudio Naranjo. Atuou como instrumentista no disco do cantor sueco Thomas Eby. É também fundador da Rede Sustentabilidade e hoje ocupa a Coordenação de Formação Política da Executiva Estadual e é membro do Elo Nacional do movimento. 

 

Ruy

Presidente do Conselho Fiscal da FTM. Colabora junto à área de controle financeiro da Fundação Terra Mirim. Graduado em Agronomia pela UFBa, trabalhou na EBDA-Secretaria da Agricultura/BA (1987-1989) em estudos e intervenção voltados à pequena produção rural. Foi funcionário do Banco Central do Brasil no período de 1992-1994, atuando na Supervisão de Autorização de Instituições Financeiras. É auditor fiscal da SEFAZ/BA desde 1994, tendo cursado especialização em Auditoria e Direito Tributário.  

 

Halilah

Graduada em Serviço Social pela UCSAL, Halilah presta serviço voluntário na Fundação Terra Mirim desde 1998. Nesse momento atual exerce a função de Diretora Administrativa Financeira. Em 2011, fez o acompanhamento administrativo e institucional do Projeto Incubadora Eco Solidária dos Pequenos Produtores do Vale do Itamboatá, por dois anos. Recentemente, está envolvida na produção do CD Devocional, de sua autoria, Coração Alado (2016).  

 

 

Severiano Joseh

 

 

 

 

 

 

Isabel Savayah (Alemanha)

 

 

 

 

 

 

 

Mila (UK)

 

 

 

 

 

 

 

 

Gayatri (Itália)

Formada em Educação Artística, tem Licenciatura "DAMS" -Bolonha/Italia e Diploma "ICA" - consulente cromatica (Austria). Expositora do seu trabalho, ensina design gráfico nos Institutos de Arte na Itália e Austria. Segue o xamanismo com a XamAM Alba Maria desde o ano 2000. Neste mesmo ano fez o projeto "Kid's Guernica", com as crianças em Terra Mirim. Ainda na FTM, em 2004, criou o projeto "Construção da Escola Escológica". Veja algumas obras de Gayatri na Fundação Terra Mirim: clique aqui.

 

Registros, certificados e prêmios institucionais:

  • Em 2005 finalistas do Prêmio Empreendedores Sociais Ashoka-Mackinsey;
  • Em 2007 ganhou o Prêmio Escola Viva, através do Ministério da Cultura, por seu exitoso trabalho em Educação, Cultura e Arte;
  • Em outubro de 2008 ganhou o Prêmio Culturas Populares – Mestre Humberto de Maracanã com o Projeto Baile Pastoril Queimada da Palhinha, categoria grupos informais, através do Ministério da Cultura, por seu trabalho exitoso no Projeto Ação Griô.
  • Prêmio Areté - Ministério da Cultura / Brasil - 2009
  • Prêmio SEBRAE Mulher Empreendedora - Alba Maria / semifinalista 2011
  • Prêmio Itaú/UNICEF - Educação Integral: crer e fazer / semifinalista - 2012
  • Prêmio Mulher - Simões Filho (BA) 2013
  • Em novembro de 2014, recebeu o título de Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, programa chancelado pela UNESCO.
  • Registro no CEBAS (Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social)
  • Registro no CNAS (Conselho Nacional de Assistência Social)
  • Registro no CEEA - Cadastro Estadual de Entidade Ambientalista
  • Membro do Conselho Municipal de Assistência Social;

Participação em Conselhos:

  • Conselho da Criança e do Adolescente - Simões Filho (BA)
  • Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental Joanes-Pitanga - Bahia
  • Conselho de Segurança Alimentar - Simões Filho (BA)
  • Conselho da Assistência Social - Simões Filho (BA)